“Enem é mais importante que Pokémon GO”, diz MEC

smartphones-jovens

 

Nesta quarta-feira, o MEC (Ministério da Educação) usou seu perfil no Facebook para mandar um recado para os estudantes de todo o Brasil que vão prestar o Enem 2016.

“O Ministério da Educação Adverte: O Enem é mais importante que Pokémon Go”, diz a publicação.

Veja abaixo:

pokemon go estudar

‘Enem é mais importante que Pokémon’, alerta MEC

(Foto: Reprodução/Facebook)

 

Além da imagem, o Ministério afirmou na postagem que é mais importante capturar conhecimento.

 

Faltam cerca de três meses para as provas, que serão aplicadas em 5 e 6 de novembro. O Enem é o principal acesso para as universidades públicas brasileiras. Também serve de seleção para programas do governo como o Prouni, que oferece bolsas para instituições particulares e o Fies, que disponibiliza financiamento com juros baixos a alunos carentes. No ano passado, 5,8 milhões de candidatos fizeram o exame.

 

Pokémon Go

O jogo para celular se tornou febre mundial e pode ser baixado gratuitamente em smartphones. O aplicativo utiliza realidade aumentada e GPS para levar os monstrinhos para o mundo real. A dinâmica é mais ou menos a mesma dos outros jogos da série: caçar, capturar e treinar todos os 151 Pokémons.

 

E você? Acha que é possível estudar e jogar ao mesmo tempo?

Programas relacionados ao Enem serão mantidos, diz Ministro da Educação

enem 2016

De acordo com dados do MEC, 9.276.328 candidatos se inscreveram para fazer a prova do Enem 2016, em relação ao ano passado, houve um aumento de 9,42% no número de inscritos.

 

Devido ao crescimento, o atual ministro da educação, Mendonça Filho, informou que não haverá cortes no orçamento para realização das provas em novembro.

 

“Temos as condições orçamentárias e financeiras já garantidas para que sejam preservados o Enem e todos os demais programas, como o Fies, o ProUni e o Pronatec“, afirmou.

 

A inscrição tem o valor de R$ 68 e o pagamento deverá ser efetuado até amanhã (25), às 21h59. O número de candidatos é o segundo maior desde 2011, ficando atrás apenas da edição de 2014, quando foram registrados 9,4 milhões de inscritos. No ano passado, o exame recebeu 8,4 milhões de inscrições.

 

Segundo os dados divulgados, as mulheres são a maioria dos participantes (57,37%). O Estado com mais inscrições é São Paulo (1,5 milhão), seguido de Minas Gerais (1 milhão), Bahia (703 mil), Rio (606 mil), Ceará (537 mil), Pará (471 mil) e Pernambuco (469 mil). Ao todo, 53% dos concorrentes pediram isenção de pagamento, argumentando falta de condições financeiras.

 

Atualmente, o ministro avalia formas de evitar aumento de preços na realização do Enem, que custou, em 2015, R$ 405 milhões. Uma delas é terceirizar o controle do Enem.

 

Mendonça ainda informou que o Programa Universidade para Todos (ProUni) e o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) abrirão vagas a partir de junho. Após uma análise dos recursos do ministério, a equipe técnica avaliou que há condições de manter a ampliação de vagas dos programas.

MEC divulga o edital do Enem 2016 com novas regras

edital-enem-2016Foi divulgado no Diário Oficial da União desta sexta-feira, 15 de abril, o edital do Enem 2016 (Exame Nacional do Ensino Médio), que contém todas as novas regras para a realização do exame. As inscrições devem ser realizadas pelo site do Inep entre às 10h do dia 09 de maio e às 23h59min do dia 20 de maio, com pagamento da taxa de inscrição de R$68,00.

 

O pagamento da taxa poderá ser feito até às 21h59 do dia 25 de maio com uma guia de recolhimento da União (GRU) e pode ser realizado em qualquer agência bancária, agência dos Correios ou casa lotérica. A aplicação das provas do Enem 2016 será realizada nos dias 05 e 06 de novembro de 2016.

 

A prova começa às 13h30 em todo o país e os portões serão abertos às 12h00 (horário de Brasília), com fechamento às 13h00. No sábado, 05 de novembro, os participantes farão as provas de ciências humanas e ciências da natureza. Já no domingo, 06, serão aplicadas as provas de linguagens, códigos e suas tecnologias, redação e matemática.

 

Neste ano, o Enem terá, pela primeira vez, o sistema de reconhecimento individual, com a impressão da digital na ficha de identificação do candidato por meio de selo gráfico, autoadesivo. “A coleta acontece no primeiro ou no segundo dia de provas; não há nenhuma possibilidade de uma pessoa fazer prova no lugar de outra”, disse o ministro da Educação, Aloizio Mercadante, durante coletiva de impressa realizada nesta quinta-feira.

 

Além do novo método de segurança, a edição do exame deste ano contará com envelope com lacre e detector de metais. O MEC (Ministério da Educação) desenvolveu ainda o aplicativo Enem 2016 para celulares (disponível para Android e iOS), que trará todas as informações aos candidatos ao longo do exame, além do acompanhamento da inscrição.

 

Terão atendimento especializado os candidatos com deficiência ou com necessidades específicas, que devem realizar pedido através do site das inscrições. Para isso, devem dispor de documento comprobatório, legível. Travestis e transexuais que desejam ser identificados pelo nome social devem efetuar a inscrição normalmente e encaminhar cópia de documento de identificação, foto e formulário preenchido, disponível online, entre os dias 1º e 8 de junho, exclusivamente pelo sistema, na Página do Participante.

 

MEC define as datas para inscrição e aplicação do Enem 2016

data-prova-enem-2016O Ministério da Educação (MEC) anunciou as datas de aplicação do Enem 2016 (Exame Nacional do Ensino Médio). As provas vão ocorrer nos dias 05 e 06 de novembro de 2016 e, em relação ao período das inscrições, os candidatos terão os dias 09 e 20 de maio para garantir sua participação no exame, exclusivamente pelo site do Inep.

 

O Enem é realizado, geralmente, no mês de outubro, mas por conta das eleições a aplicação foi adiada, uma vantagem para os estudantes que terão mais tempo para concluir a preparação. O ministro da Educação, Aloizio Mercadante, marcou uma entrevista coletiva para essa quinta-feira para dar detalhes sobre o edital de abertura do Enem 2016.

 

A nota do exame é adotada como critério de seleção em diversas universidades federais, ao Fies (Programa de Financiamento Estudantil) e a bolsas do ProUni (Programa Universidade para Todos).

 

No ano passado, o Enem recebeu 7,7 milhões de inscrições e mais de 1,9 milhão de pessoas não compareceram. A taxa de inscrição, que antes era de R$35,00, foi alterada para R$63,00. Comece a estudar agora mesmo com o Tenho Prova Amanhã, que oferece cursos online para o Enem com preços que cabem no seu bolso e conteúdo atualizado com questões de edições anteriores do exame.

As melhores faculdades de Medicina do Brasil, segundo o MEC

melhores-faculdades-de-medicinaVocê sabe identificar os fatores que fazem um curso de Medicina ser considerado de alta qualidade? E quanto aos motivos que explicam a boa estrutura da instituição? Com o objetivo de descobrir quais as melhores faculdades e os melhores cursos de Medicina do Brasil, o Ministério da Educação (MEC) desenvolveu um método de avaliação usando as ferramentas CPC (Conceito Preliminar de Curso) e o IGC (Índice Geral de Cursos).

 

O CPC analisa a qualidade dos cursos e leva em consideração as notas do Enade (Exame Nacional de Desempenho de Estudantes), a estrutura da faculdade e a titulação do corpo docente. No caso da graduação em Medicina, as instituições de ensino passam por diversas análises que envolvem: avaliação das estruturas física e pedagógica do curso, o material didático, os laboratórios, a metodologia de ensino, entre outros.

 

Já o IGC classifica as instituições como um todo e leva em conta a média dos últimos CPCs disponíveis dos cursos avaliados da instituição no ano do cálculo e nos dois anteriores, ponderada pelo número de matrículas em cada um dos cursos computados. O MEC avaliou, ao todo, 154 cursos de medicina do Brasil. Em uma escala de 1 a 5, o CPC é considerado insatisfatório quando não atinge o nível 3, no mínimo. Veja, a seguir, as melhores faculdade de Medicina do Brasil, segundo o MEC:

 

Instituição Categoria Administrativa Município do curso Estado CPC Faixa
Universidade Federal do Espírito Santo Pública Federal Vitória ES 4
Universidade Federal do Rio Grande do Norte Pública Federal Natal RN 4
Universidade Federal de Uberlândia Pública Federal Uberlândia MG 4
Faculdade de Medicina do ABC Privada sem fins lucrativos Santo André SP 4
Universidade Estadual de Maringá Pública Estadual Maringá PR 4
Universidade Federal de Goiás Pública Federal Goiânia GO 4
Universidade Federal de São Paulo Pública Federal São Paulo SP 4
Universidade Positivo Privada com fins lucrativos Curitiba PR 4
Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo Privada sem fins lucrativos São Paulo SP 4
Universidade Estadual de Campinas Pública Estadual Campinas SP 4
Universidade de Brasília Pública Federal Brasília DF 4
Universidade Estadual do Oeste do Paraná Pública Estadual Cascavel PR 4
Universidade Federal do Triângulo Mineiro Pública Federal Uberaba MG 4
Universidade Estadual de Londrina Pública Estadual Londrina PR 4
Universidade Federal de São Carlos Pública Estadual São Carlos SP 4
Universidade Federal do Mato Grosso do Sul Pública Federal Campo Grande MS 4
Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho Pública Estadual Botucatu SP 4
Universidade Federal da Paraíba Pública Federal João Pessoas PB 4
Fundação Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre Pública Federal Porto Alegre RS 4
Universidade Federal do Rio Grande Pública Federal Rio Grande RS 4
Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto Pública Estadual São José do Rio Preto SP 4
Universidade Federal de Minas Gerais Pública Federal Belo Horizonte MG 4
Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul Privada sem fins lucrativos Porto Alegre RS 4
Universidade do Estado do Rio de Janeiro Pública Estadual Rio de Janeiro RJ 4
Faculdades Integradas Padre Albino Privada sem fins lucrativos Catanduva SP 4
Faculdade de Medicina de Jundiaí Pública Municipal Jundiaí SP 4
Universidade de Caxias do Sul Privada sem fins lucrativos Caxias do Sul SP 4
Centro Universitário de Anápolis Privada sem fins lucrativos Anápolis GO 4
Centro Universitário de Volta Redonda Privada sem fins lucrativos Volta Redonda RJ 4
Centro Universitário de Belo Horizonte Privada com fins lucrativos Belo Horizonte MG 4
Faculdade Brasileira Privada com fins lucrativos Vitória ES 4
Universidade Anhanguera -UNIDERP Privada com fins lucrativos Campo Grande MS 4
Universidade do Vale do Sapucaí Privada sem fins lucrativos Pouso Alegre MG 4
Universidade Nove de Julho Privada sem fins lucrativos São Paulo SP 4