O que você não pode deixar de fazer faltando 30 dias para o Enem

como estudar faltando 30 dias para o enem

Nos dias 05 e 06 de novembro será aplicado o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem 2016) em todo o Brasil. Isso significa que os candidatos têm 1 mês para se preparar para a prova.

Pensando nisso, vamos dar algumas dicas sobre o que você não pode deixar de fazer faltando um mês para a prova do Enem:

 

1) Confirme sua inscrição

Vale lembrar que o MEC não encaminha a versão impressa do cartão de inscrição pelos Correios.

Por isso, é importante você acompanhar o portal do participante na página do Inep para verificar se está tudo certinho.

Você pode acessar a página do Inep aqui.

 

2) Conheça o local da sua prova

Nesses últimos dias, reserve em sua agenda uma data para visitar, pelo menos, uma vez, o local onde você realizará a prova. A visita é muito importante para você conhecer a região e decidir qual o melhor jeito de chagar ao local no dia.

Lembre-se que atrasos não são permitidos e os portões são fechados, pontualmente, às 13h (horário de Brasília).

 

3) Documentos

Confira se seus documentos estão todos em ordem para apresentar no dia do exame.

Para realizar a prova é necessário apresentar documento de identificação original com foto. Se você, por algum motivo, está sem documento, vale a pena correr e providenciar.

Também são aceitos: carteira de trabalho, passaporte, carteira de habilitação e certificado de reservista.

 

Não serão aceitos: certidões de nascimento e casamento, título de eleitor, carteira de estudante, crachás funcionais. Cópias de documentos válidos, mesmo que autenticadas, também não são aceitas.

 

O candidato que estiver sem o documento por motivo de perda, furto ou roubo poderá fazer as provas se apresentar um boletim de ocorrência expedido por um órgão policial, no máximo, 90 dias do primeiro dia de aplicação do exame.

 

4) Foque nas suas dificuldades

Claro, sabemos que não é possível estudar todo o conteúdo em 30 dias. Por isso, nesse último momento, você pode focar naqueles que possui mais dificuldade.

Faça exercícios, simulados de provas anteriores e aproveite para tirar as últimas dúvidas com professores.

 

5) Converse com mais experientes

Se você ainda sente aquele frio na barriga pela experiência ainda ser nova, vale conversar com pessoas que já passaram por isso.

Eles podem dar conselhos e informações valiosas que podem diminuir sua ansiedade, além de ser inspirador.

 

6) Fique antenado

Ler jornais, sites e revistas ajuda no desenvolvimento de um repertório para escrever uma boa redação. Garantir uma boa pontuação é essencial para elevar a nota e ter mais chances de disputar vagas em programas, como o Sisu.

 

7) Separe um tempo para relaxar

Agora não adianta correr com o atraso. O preparo para o Enem deve ser feito com antecedência para tirar o melhor proveito dos estudos.

Correr para estudar em cima da hora só vai te deixar mais confuso e perdido.

Portanto, aproveite esse tempo para descansar um pouco e relaxar. O período também deve ser aproveitado para manter a alimentação regrada: nada de exageros.

Inscrições para o Enem 2016: Confira essas dicas para não cometer erros

incricoes-enem2016

No dia 15 de abril foi divulgado o edital do Enem 2016 (Exame Nacional do Ensino Médio) juntamente com o período de inscrições, que devem ser realizadas pelo site do Inep entre às 10h do dia 09 de maio e às 23h59min do dia 20 de maio, com pagamento da taxa de inscrição de R$68,00.

 

Baseado nos procedimentos das últimas provas, realizamos um guia prático para você não cometer erros na hora de realizar a inscrição no Enem 2016.

 

As inscrições são feitas, exclusivamente, via internet, no portal oficial do INEP. Inscrições realizadas em outros meios, que não o site oficial da instituição responsável pela organização das provas, serão desconsideradas.

 

Os documentos necessários para fazer a inscrição é o número de CPF e o número do documento de identidade (RG). Além disso, o estudante deve ter um endereço de e-mail válido e um número de celular, pois é através destes meios que o aluno receberá todas informações sobre às datas e locais das provas.

 

É necessário prestar atenção na escolha do município onde fará a prova e a opção de língua estrangeira, que são feitos durante o momento da inscrição.

 

Se for maior de idade, o aluno pode optar em usar o resultado do exame para obter o certificado de conclusão do Ensino Médio.

 

Quanto à taxa de inscrição, são isentos os alunos concluintes do ensino médio em escolas da rede pública e aqueles que comprovarem carência, o que deverá ser feito durante a inscrição, mediante preenchimento do formulário socioeconômico, disponível no próprio site do INEP.

 

No momento do registro, é gerado automaticamente um número de inscrição e o aluno deve criar uma senha que será utilizada para consultas posteriores.

 

Se tudo estiver correto, o cadastro é realizado e o aluno terá direito ao Cartão de Confirmação, que será gerado pelo INEP no mês que antecede as provas. Este cartão traz as informações relativas às datas e locais das provas, número de inscrição, opção de língua estrangeira e solicitação de certificação (se o aluno assim solicitou). Vale lembrar que a apresentação do cartão no dia do exame não é obrigatória.

 

No dia da prova, não esqueça de levar o documento de identidade original com foto, como RG, Carteira de Trabalho e Previdência Social, Certificado de Dispensa de Incorporação, Certificado de Reservista, Passaporte ou Carteira Nacional de Habilitação.

 

Normalmente, as provas são realizadas no período da tarde, com duração máxima de 4h30min no primeiro dia e de 5h30min no segundo, por conta da redação.

Fuvest divulga lista de livros que serão cobrados nas próximas provas

livros-vestibular

A Fuvest (Fundação Universitária para o Vestibular), responsável pelo processo seletivo da Universidade de São Paulo e da Santa Casa, divulgou as listas de livros obrigatórios para os próximos 3 anos de vestibular.

 

As obras adotadas pela Fuvest 2017 são:

Claro enigma – Carlos Drummond de Andrade
Sagarana – João Guimarães Rosa
Mayombe – Pepetela
Iracema – José de Alencar
Vidas secas – Graciliano Ramos
Memórias póstumas de Brás Cubas – Machado de Assis
O cortiço – Aluísio Azevedo
A cidade e as serras – Eça de Queirós
Capitães da Areia – Jorge Amado

 

Para os anos seguintes, a USP mantém o conjunto de livros semelhante, porém adota outras 2 novas obras. Minha vida de menina, de Helena Morley, aparece na lista em 2018 e 2019, e A relíquia, de Eça de Queirós, passa a fazer parte dos textos obrigatórios no último ano.

 

Confira a lista de Fuvest 2018:

Iracema José de Alencar
Memórias póstumas de Brás Cubas Machado de Assis
O cortiço Aluísio Azevedo
A cidade e as serras Eça de Queirós
Vidas secas Graciliano Ramos
Minha vida de menina Helena Morley
Claro enigma Carlos Drummond de Andrade

Sagarana João Guimarães Rosa
Mayombe Pepetela

 

Veja também as obras para Fuvest 2019:

Iracema José de Alencar
Memórias póstumas de Brás Cubas Machado de Assis
A relíquia Eça de Queirós
O cortiço Aluísio Azevedo
Vidas secas Graciliano Ramos
Minha vida de menina Helena Morley
Claro enigma Carlos Drummond de Andrade
Sagarana João Guimarães Rosa
Mayombe Pepetela

Conheça quais profissões estão em alta no Brasil

prifissoes-em-alta.jpg

De acordo com um estudo da empresa de recrutamento Wyser, foi identificado quais as vagas e perfis profissionais que estão em alta no Brasil atualmente. A empresa ainda afirmou que, para este ano, as empresas vão continuar optando por profissionais com maior capacidade de inovação e oportunidade de crescimento.

 

O gerente regional da Wyser afirmou para o portal InfoMoney que o domínio do inglês ou outra língua estrangeira é essencial, além da especialização e flexibilidade para usar os conhecimentos técnicos em outros segmentos. Abaixo você confere as profissões que mais estão em alta no Brasil, segundo a pesquisa:

 

– Contador

É a área que cuida das contas de uma empresa, por meio do registro e do controle das receitas, das despesas e dos lucros. O contador coordena e controla os registros de negócios de uma empresa (compras, vendas, investimentos e aplicações), de modo a dar uma visão precisa de seu patrimônio.

 

– Atuário

É o uso de conhecimentos e cálculos para a elaboração de planos de seguro ou de previdência e realização de outras operações financeiras que envolvam risco. O profissional analisa e quantifica o risco presente nas operações de seguro, previdência complementar, planos de saúde e títulos de capitalização.

 

– Engenheiro Eletricista

O engenheiro eletricista lida com a geração, a transmissão e a distribuição da energia elétrica. Ele está habilitado a construir e a aplicar sistemas de automação e controle em linhas de produção industrial.

 

– Agrônomo

Quem se forma em Agronomia é chamado de engenheiro agrônomo. Este profissional trabalha para melhorar e conservar a qualidade e a produtividade de plantações e rebanhos.

 

– Engenheiro de Produção

O engenheiro de produção é peça fundamental em indústrias e empresas de quase todos os setores. Ele gerencia os recursos humanos, financeiros e materiais de uma empresa, com o objetivo de aumentar sua produtividade e rentabilidade.

 

– Físico

O físico estuda a relação entre a matéria e a energia, suas propriedades e as leis que regem sua interação. O bacharel lida com corpos e fenômenos físicos de todas as dimensões, de partículas subatômicas à imensidão do cosmo. Pode especializar-se em diversas áreas, como acústica, astrofísica e física nuclear.

 

– Analista de Sistemas

O analista de sistemas é um profissional da área de tecnologia da informação (TI) especializado em desenvolver sistemas informatizados capazes de atender às necessidades e objetivos da organização que o contrata.

O mercado de trabalho para este profissional é bastante amplo, pois empresas de qualquer tipo ou tamanho necessitam de programas para controlar suas atividades, despesas e vendas, entre outros.

 

– Sociólogo

O sociólogo tem como objeto de estudo a organização do homem em sociedade, buscando explicar sua natureza, as estruturas que a compõem e as relações que se estabelecem entre indivíduos e instituições. De acordo com a pesquisa, as empresas têm contratado sociólogos para fazer pesquisas de mercado, análises de clientes e comportamento do consumidor.

 

– Bioquímico

É a área que pesquisa, projeta, desenvolve, gerencia e controla os processos biológicos. Esse bacharel transita entre a química, a biotecnologia e a biologia e estuda a química de organismos vivos e a estrutura e microbiologia das células.

As empresas de indústrias farmacêuticas, laboratórios de pesquisa e produtos de beleza têm procurado por este profissional.

Saiu! Inep divulga a nota do Enem 2015

estudante-feliz

Conforme anunciado, o Inep divulgou o resultado do Enem 2015. Cada um dos 5,7 milhões de candidatos pode conferir seu desempenho no site da instituição. Basta utilizar o número de inscrição e a senha.

 

Com o resultado, o estudante pode disputar vagas em universidades públicas. A partir de segunda-feira, o Ministério da Educação (MEC) abre a primeira edição do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) em 2016.

 

Serão 228 mil vagas em 131 instituições públicas de ensino superior, que já podem ser pesquisadas no site do Sisu. Além das vagas do Sisu, programas federais de bolsa de estudos (Prouni e Ciência Sem Fronteiras) e de financiamento (Fies) exigem nota mínima no Enem.

 

 

É possível que minha prova não tenha sido corrigida?

Pode acontecer a impossibilidade de correção quando:

1 –  O participante deixa de indicar a cor do caderno de questões no caderno de respostas;

2 – Sair da sala sem o acompanhamento de um aplicador ou ausentar-se em definitivo antes das duas horas do início do exame;

3 – Não entrega ao aplicador o cartão-resposta e a folha de redação ao terminar as provas;

4 – Não entrega ao aplicador o caderno de questões, caso deixe a prova em prazo anterior aos últimos 30 minutos para o término;

5 – Ausenta-se da sala de prova levando o cartão-resposta e/ou a folha de redação;

6 – Não transcreve a frase constante da capa do seu caderno de questões ou recusa-se a assinalar a cor da capa de seu caderno de questões no cartão-resposta durante o exame.